Deputado Edegar Pretto mantém ritmo de trabalho no recesso da Assembleia Legislativa

Na primeira semana do recesso parlamentar da Assembleia Legislativa gaúcha o deputado estadual Edegar Pretto realizou roteiro de trabalho em seis regiões do estado. Ao todo foram 18 municípios visitados no interior do estado e região Metropolitana de Porto Alegre. Edegar cumpriu agendas em Alecrim, São Luiz Gonzaga, Ijuí, Ajuricaba, Cruz Alta, Catuípe, Paim Filho, Centenário, Carlos Gomes, Machadinho, Áurea, Viadutos, Marcelino Ramos, Palmeira das Missões, Pontão, Porto Alegre, Nova Santa Rita e Portão.

Na condição de coordenador da Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa da Alimentação Saudável, o deputado fez um balanço do primeiro semestres e levou informações e orientações, principalmente sobre a importância a valorização da produção de alimentos livres de agrotóxicos. Edegar é autor de três projetos de lei sobre o tema, e que tramitam nas Assembleia Legislativa. Um deles para obrigar a rotulagem das embalagens de alimentos produzidos com o uso de agrotóxicos. Outro para proibir a fabricação, uso e comercialização do agrotóxico 2,4-D no estado. E um terceiro para proibir a pulverização aérea de agrotóxicos em todo o território gaúcho.

Um dos objetivos do roteiro de trabalho no recesso é conversar de perto com especialistas, agricultores familiares, representantes de movimentos sociais, ambientais e assentados da reforma agrária para tratar da elaboração de novas políticas que tratem do direito da população em saber o que está consumindo, principalmente quando se tratar de alimentos produzidos com o uso de agrotóxicos. “Os consumidores têm direito em saber o que estão consumindo, e dentro desse cenário nosso mandato é um instrumento para organizar esta agenda”, explicou.

Ainda na área da produção de alimentos, o deputado Edegar Pretto esteve reunido com prefeitos, vereadores e lideranças da agricultura familiar. Ele também visitou agroindústrias familiares para tratar das demandas do SUSAF-RS, a lei de sua autoria que permite a venda de produtos de origem animal em todo o estado. “A defesa da agricultura familiar não pode ser só uma fala sobre a importância dos pequenos agricultores produzirem alimentos saudáveis, mas uma luta permanente para que as famílias tenham uma vida boa no campo com dignidade e renda”, observou.

Outro tema das agendas foi o trabalho da Frente Parlamentar dos Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher e Movimento Mundial ElesPorElas da ONU. Edegar Pretto é membro do Comitê Brasileiro Impulsor do movimento, e destacou as iniciativas e ações desenvolvidas no sentido de ampliar os mecanismos de proteção às mulheres e promover a conscientização na busca da igualdade de gênero.

Aproveitando a passagem pelos municípios, o deputado ainda conversou com os militantes e ouviu pré-candidatos que disputarão as eleições de outubro. Edegar Pretto reafirmou seu apoio às pré-candidaturas e projetos que pretendem defender, em especial, o fortalecimento da agricultura familiar, que é uma das suas bandeiras de luta na Assembleia Legislativa. “Tão importante quanto as visitas é o debate para promover efetivamente o desenvolvimento das regiões, com inclusão e bem comum dos cidadãos e cidadãs de todos os municípios”, conclui.